07 de Outubro de 2011

 

NOTICIA JORNAL O MIRANTE

 

O Serviço de Atendimento Permanente (SAP) do Centro de Saúde de Benavente vai continuar a funcionar sem alterações de horário. O contrato de prestação de serviços estabelecido entre o Agrupamento de Centros de Saúde (ACES) da Lezíria e as empresas que fornecem os médicos foi renovado, o que permite manter o horário de funcionamento de onze horas diárias, entre as 08h00 e as 20h00. A garantia foi dada a O MIRANTE pela directora do ACES da Lezíria, Luísa Portugal. O contrato foi renovado nos últimos dias do seu término, o que levou os utentes a temerem uma redução de horário que chegou a ser admitida por Luísa Portugal. A comissão de utentes do concelho de Benavente chegou a convocar uma acção de protesto em frente ao SAP que acabou por ser desconvocada. Ainda assim os utentes de Benavente vão concentrar-se junto à residência oficial do Primeiro Ministro em Lisboa, no dia 6 de Outubro, pelas 16h15, para fazerem a entrega de uma moção na qual protestam pelo facto de haver no concelho sete mil utentes sem médico de família, três extensões de saúde encerradas e duas "com funcionamento insuficiente".

PUBLICADO POR samoraemmovimento às 21:38

06 de Outubro de 2011

noticia LUSA

 

Lisboa, 06 out (Lusa) - Cerca de uma centena de utentes do concelho de Benavente juntou-se hoje frente à residência oficial do primeiro-ministro, em São Bento, para entregar uma moção a reivindicar melhores serviços de saúde e de condições de vida para as populações.

"Estiveram presente utentes das quatro freguesias do concelho", adiantou o coordenador da comissão de utentes do concelho de Benavente, organizadora da iniciativa, Domingos David, à Agência Lusa.

Os utentes reclamam "medicamentos gratuitos para os reformados e transporte para os doentes", assim como "mais médicos e enfermeiros e a regularização das unidades de saúde do concelho", refere o texto da moção.

PUBLICADO POR samoraemmovimento às 21:59

25 de Agosto de 2011

 

noticia MIRANTEONLINE

 

Dois autocarros cedidos pela câmara municipal e uma carrinha de nove lugares da junta de freguesia transportaram uma centena de utentes de Benavente que foram à capital do país exigir à Administração Regional de Saúde que honre o acordo assinado com a Misericórdia. Na bagagem levaram a primeira parte de um longo abaixo-assinado com 1100 assinaturas.

 

 

O presidente do conselho directivo da Administração Regional de Saúde de Lisboa e Vale do Tejo (ARS-LVT), Rui Portugal, recebeu na terça-feira, 23 de Agosto, as primeiras 1100 assinaturas de um longo abaixo-assinado que a população do concelho de Benavente está a recolher exigindo o regresso das consultas comparticipadas pelo Serviço Nacional de Saúde no Hospital da Santa Casa da Misericórdia de Benavente.

Segundo o coordenador da Comissão de Utentes do Concelho de Benavente, Domingos David, o responsável da ARS ficou “surpreendido” e “admirado” com a quantidade de assinaturas que lhe foram entregues em mão. Ainda assim a comissão garante que em breve entregará no número 77 da Avenida dos Estados Unidos da América, em Lisboa, local onde está situada a sede daquela entidade estatal, a segunda parte do documento, com mais umas centenas de assinaturas. A população do concelho deslocou-se a Lisboa para se manifestar à porta da ARS-LVT e exigir que esta honre os compromissos assumidos com a Misericórdia, que actualmente continua sem poder ter consultas comparticipadas de cardiologia e cirurgia-geral. Foram precisos dois autocarros e uma carrinha de nove lugares para levar todos os interessados em marcar presença no protesto.

Enquanto decorria a manifestação com palavras de ordem e faixas de protesto o presidente da administração regional de saúde recebeu os elementos da comissão de utentes. No final surgiram promessas de que serão negociadas no futuro as duas especialidades que continuam em falta.

“No nosso entender o que se passou é que houve um acordo assinado entre a ARS e o grupo Mello para a gestão do hospital de Vila Franca de Xira. Foi como se tivéssemos sido vendidos nesse negócio e isso nós não aceitamos. Ainda por cima foi um negócio em que as partes mais importantes, os utentes, não foram ouvidos”, criticou Domingos David.

O coordenador da Comissão de Utentes garante que valeu a pena realizar a manifestação em Lisboa. “Se não nos tivéssemos mexido ainda hoje as situações estavam por resolver”, referindo-se à concentração realizada no dia 2 de Agosto no cine-teatro de Benavente, onde se juntaram mais de 400 pessoas em protesto.

“Neste momento há partes do concelho sem transportes públicos por causa das férias escolares. Como é que as pessoas fazem para irem às consultas em Vila Franca? Estamos todos em grande sofrimento por causa disto”, lamenta a O MIRANTE.

No entendimento do responsável da ARS-LVT, Rui Portugal, o Hospital de Vila Franca de Xira tem condições de oferecer atendimento com bons tempos de espera. “A ARS-LVT vai de encontro às preocupações de gerar poupança e redução de despesa, aproveitando ao máximo a capacidade e oferta dos hospitais, mantendo a qualidade”, acrescenta o responsável.

Desde o dia 1 de Julho que os utentes do concelho de Benavente deixaram de beneficiar das comparticipações do Serviço Nacional de Saúde em várias consultas da especialidade no Hospital da Santa Casa da Misericórdia de Benavente, sendo obrigados a deslocar-se ao Hospital de Vila Franca de Xira. Depois de uma reunião entre a misericórdia e a ARS-LVT, no dia 4 de Agosto, foram desbloqueadas as consultas de dermatologia e medicina física e reabilitação (fisioterapia). O provedor da misericórdia já tinha dito a O MIRANTE que a solução amenizava mas não resolvia o problema, uma vez que foram feitos recentemente investimentos de 500 mil euros numa unidade de cirurgia que agora fica a aguardar por comparticipação. O provedor da instituição já admitiu ter de despedir pessoal caso a situação não seja regularizada. O acordo assinado com a Administração Regional de Saúde é válido até ao final do ano, altura em que será reavaliado.

PUBLICADO POR samoraemmovimento às 23:09

23 de Novembro de 2010

 

NOTICIA JORNAL O MIRANTE

 

O presidente da Câmara Municipal de Benavente, António José Ganhão (CDU), acusou na tarde de 21 de Novembro o Governo e a administração central de ignorarem os pedidos de reforço de médicos para o concelho e chegou mesmo a dizer que os poucos diálogos travados entre ambos foram “de surdos”.

 

“O diálogo entre quem vos representa e quem representa o povo português, estou a falar do governo e administração central, tem sido um diálogo de surdos e de equívocos. É preciso dizer basta, chega. Não nos venham com mais mentiras, não nos venham vender mais ilusões, porque de ilusões estamos fartos, estamos saturados”, criticou o presidente do município.

 

As criticas foram feitas durante um encontro da Comissão de Utentes de Benavente, que juntou no centro cultural da sede de concelho duas centenas de pessoas, alguns deles funcionários dos centros de saúde e unidades de saúde familiar.

 

“É natural, sem recursos humanos, sem médicos, que o problema se agrave. Especialmente com um médico que vem aqui e chega a correr de outro lado, não dormiu de noite e tem de ir à pastelaria tomar um café para não adormecer. Assim caminharemos para uma situação de colapso da saúde do concelho”, criticou.

PUBLICADO POR samoraemmovimento às 23:49

18 de Novembro de 2010

 

 

NOTICIA JORNAL O MIRANTE

 

Quatro quilómetros a pé e à chuva de Porto Alto a Samora Correia foi o preço que o munícipe Martinho Marques, 79 anos, pagou para marcar uma consulta à esposa. No concelho de Benavente existem 8528 utentes sem médico de família.

 

O utente Martinho Marques, 79 anos, percorreu quatro quilómetros a pé e à chuva de Porto Alto, onde reside, até Samora Correia, concelho de Benavente, para marcar uma consulta na Unidade de Saúde Familiar da cidade .

A situação aconteceu há pouco mais de uma semana mas ilustra bem as dificuldades sentidas pelos utentes de Porto Alto, onde o médico só vai um dia por semana. Na noite de sexta-feira,12 de Novembro, alguns populares reuniram-se com a recém criada Comissão de Utentes do Concelho de Benavente.

“Tenho um carro pequenino, mas nesse dia estava na oficina e tive que ir a pé”, explica o antigo trabalhador do campo que foi obrigado a deslocar-se como pôde a Samora Correia para garantir o tratamento médico à esposa.

A adesão dos utentes ficou aquém do esperado pela comissão, mas os responsáveis aproveitaram para falar da luta que desenvolvem pela melhoria da saúde no concelho que tem 8528 utentes sem médico de família e 4296 à espera de uma consulta. “Não nos limitamos a criticar. Perguntamos onde podemos ajudar para que a situação melhore”, esclarece o coordenador da comissão, Domingos David, sargento mor da Marinha em situação de reserva.

Para o dia 21 de Novembro, às 16h00, está marcada uma concentração no Centro Cultural de Benavente, para toda a população. A Comissão de Utentes do Concelho de Benavente está a organizar também uma vigília de utentes, para o próximo dia 22 de Novembro, entre as 19h00 e as 20h00, junto à Extensão de Saúde do Biscainho, no concelho vizinho de Coruche, que serve a população de Foros da Charneca, em Benavente.

PUBLICADO POR samoraemmovimento às 23:57

22 de Outubro de 2010

O Presidente da Camara informou o restante executivo que reuniu com a recentemente formada Comissão de Utentes do Município de Benavente, constituída por um conjunto de pessoas que se manifestam profundamente preocupadas com a problemática da saúde. O Presidente prestou as informações necessárias do que tem sido o relacionamento institucional e as dificuldades sentidas e naturalmente saudou o aparecimento da Comissão, enquanto parceiros na procura de soluções de problemas que são sentidos pela nossa população. Disponibilizou-se e à Câmara para, sempre que entenderem, poderem ser efectuadas reuniões necessárias para a consolidação de objectivos que são comuns.  


PUBLICADO POR samoraemmovimento às 00:34

PESQUISAR
 
Junho 2017
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9
10

11
12
13
15
16
17

19
20
21
22
23
24

25
26
27
28
29
30


ARQUIVOS
2017:

 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12


2016:

 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12


2015:

 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12


2014:

 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12


2013:

 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12


2012:

 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12


2011:

 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12


2010:

 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12


2009:

 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12


2008:

 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12


tags

todas as tags

AS MINHAS FOTOS
VISITAS AO BLOG
VISITAS AO BLOG
blogs SAPO