Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

SAMORA EM MOVIMENTO

" A INFORMAÇÃO NO MOMENTO "

SAMORA EM MOVIMENTO

" A INFORMAÇÃO NO MOMENTO "

" CENAS DE UM TERRAMOTO " DIA 30 DEZEMBRO NO CENTRO CULTURAL

 

 

» Estreia da peça "Cenas de Um Terramoto", de Domingos Lobo » Sábado, 28 de Novembro, pelas 21.30 horas » Cine-Teatro de Benavente

Estreia da peça «CENAS DE UM TERRAMOTO», de Domingos Lobo
 
Sábado, 28 de Novembro às 21.30h - Cine-Teatro de Benavente » Domingo, 29 de Novembro às 16.00h - Cine-Teatro de Benavente » Segunda-feira, 30 de Novembro às 21.30h – Centro Cultural de Samora Correia » Sábado, 12 de Dezembro às 21.30h – Sociedade Filarmónica de Santo Estêvão
 
 
 
            Esta peça do SobreTábuas – Grupo de Teatro de Benavente, tenta recriar, em termos cénicos, os dias amargos vividos em Benavente, Samora Correia, Santo Estêvão, Salvaterra de Magos e Coruche, a 23 de Abril de 1909, aquando do terramoto que assolou, de forma violenta, estas terras da lezíria ribatejana.
            Situando a acção em Benavente, nos anos de 1909 a 1913, o autor tentou uma panorâmica do país nesse início conturbado do nosso século XX, através do microcosmos de uma comunidade onde, por razões adversas, as mudanças operadas no tecido social e político do país, mais intensamente se fizeram sentir. Daí as referências à queda da Monarquia, à implantação da República e às lutas que a esta mudança conduziram. São ainda referidas, na trama dramática da peça, as vivências próprias de uma comunidade rural que tentava erguer-se das cinzas e das dores provocadas pelo terramoto, e reconstruir as casas, as ruas, o seu espaço vital de afirmação – e os amores, necessariamente.
            É, sobretudo, da vida, da esperança e da luta que este CENAS DE UM TERRAMOTO, construído num processo quase cinematográfico, nos fala.

 

EXPOSIÇÃO " OS SONHOS TORNAM SE REALIDADE " NO CENTRO CULTURAL

 

 

» Inauguração, dia 1 de Dezembro (Terça-feira), pelas 16.00 horas, no Centro Cultural de Samora Correia


Na próxima Terça-feira, dia 01 de Dezembro às 16.00 horas, será inaugurada na Galeria de Exposições do Centro Cultural de Samora Correia, a exposição colectiva de pintura “Os Sonhos Tornam-se Realidade” , que ficará patente até ao dia 04 de Janeiro.
 
Esta é uma exposição que resulta do gosto de cinco amigos pela pintura e por isso mesmo frequentam o curso de pintura do GART, ministrado por Isa Fonseca, que faz um acompanhamento personalizado a cada aluno para os ajudar a cumprir o programa e o tema escolhidos.
Maria Helena Gonçalves, Luísa Peixe, Hermínia Mesquita, Diogo Estaço e Sofia Lixa juntam-se aos Domingos à tarde para pintar. Fazem parte de um núcleo duro de pouco mais de 10 pessoas que deixam o conforto do lar aos Domingos para ocuparem o seu tempo a pintar.
Em “Os Sonhos Tornam-se Realidade” as obras expostas são fruto da liberdade e da energia que cada um dos autores sente ao pintar. Cada um dos cinco autores tem visões muito próprias do mundo e isso está bem visível em cada uma das obras desta exposição. Não existem telas sequer semelhantes, apesar de todos frequentarem o mesmo curso, e é isso que torna esta exposição tão especial.
As diferentes visões do mundo e da realidade, passadas para a tela através da pintura a óleo (técnica usada pelos cinco autores), remetem-nos para o sonho. Sonho que se confunde com os dos próprios autores, uma vez que para eles, pintar e ter as suas obras numa exposição, é uma realização pessoal.

 

 

RESCALDO DO CIRCUITO TERRAS DO TOIRO

 

  SAMORA BIKE TEAM

 

É com enorme prazer que felicitamos a Sandra pelo brilhante 1º lugar conquistado hoje na prova realizada na leziria Ribatejana em 38kms.

Parabens a todos os elementos Samora bike team pela sua prestaçao e desempenho mostrados durante os 38 e 76 kms,estao todos de parabens.
Afinal a leziria Ribatejana tambem consegue fazer com que nao se ande sempre de talega pois nalguns sitios o piso estava muito mal tratado em parte devido ás chuvas que se fizeram sentir nos ultimos dias,os areais desapareceram mas o barro,esse predominou em muita zona mas nada que nao se ultrapassa-se por todos,e as subidas tambem existem por estas bandas,pois nas fotos há exemplos disso mesmo.
Para finalizar só me resta dar os parabens á AREPA pela excelente organizaçao que tudo fez para sair perfeito,desde percurso,marcaçoes,abastecimentos,banhos e almoço,o presidente disse que estava bom,por isso ninguem duvida.
Parabens AREPA!!!
Abraço,
Fernando.

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Em destaque no SAPO Blogs
pub