09 de Março de 2010

 

 

XXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXX

PUBLICADO POR samoraemmovimento às 23:22

 

O Vereador da Camara de Benavente José da Avó alertou para a perigosidade do estado da placa ajardinada adjacente à Quinta das Cegonhas, na Estrada do Brejo, em Samora Correia, que apresenta cerca de seis buracos com cerca de quatro metros quadrados cada um, com trinta a quarenta centímetros de fundo, sem qualquer sinalização, situando-se três daqueles buracos bem perto do jardim infantil que se situa naquela urbanização, desconhecendo se tal se deve ao facto da obra estar incompleta. Referiu, ainda, que aquele espaço não possui iluminação, levando a que ninguém o frequente à noite, tanto mais que fica no extremo da zona urbanizada e a iluminação da Estrada do Brejo não é suficiente, lamentando que tal se verifique num equipamento que se apresenta agradável.

Referiu ainda que quando há algum tempo falou duma promessa antiga dum parque infantil na Urbanização do Miradouro, o Senhor Presidente lhe disse que aqueles equipamentos não se podiam localizar perto de vias de circulação. Acontece que, conforme é visivel nas fotos anexas, o parque infantil da Quinta das Cegonhas se encontra a cerca de três metros da Estrada do Brejo, pelo que, a ser verdade aquela limitação, também este parque infantil não poderá ser utilizado pelas crianças de Samora.


O senhor Presidente solicitou a melhor atenção dos Senhores Vereadores em exercício para a necessidade de sinalizar os buracos existentes na via pública, enquanto não se concretizar a intervenção necessária. Referiu que não deveria existir um Parque Infantil na Quinta das Cegonhas situado a três metros da via de circulação, dado que contraria a legislação vigente sobre a matéria, pelo que considerou oportuno a análise de tal situação, por se tratar de um parque infantil público. Recordou que, inclusivamente, para se poder cumprir a legislação em vigor, foi desactivado o parque infantil localizado em frente à EB 1 do Porto Alto e transformado num outro tipo de equipamento público.
 

 

 

PUBLICADO POR samoraemmovimento às 23:20

 

 

 

CONVOCATORIA
 
Nos termos do Art. 20º Dos Estatutos, convoco os associados do Núcleo Sportinguista de Samora Correia para uma Assembleia Geral Ordinária a efectuar na sua sede, sita na Rua Papa João XXI, nº 22-C, no dia 19 de Março de 2010, pelas 21,00 Horas, com a Seguinte Ordem de Trabalhos:
 
 1º-Leitura, Discussão e Aprovação da ultima acta da Assembleia Geral.
 
 2º-Eleição dos Novos Corpos Sociais para o Ano de 2010.
 
 3º- Trinta Minutos para Discussão de Assuntos de Interesse para o Núcleo.
 
Se à hora marcada não se encontrarem presentes a maioria dos Associados, a Assembleia reunirá meia hora depois, com qualquer número de associados e com a mesma Ordem de trabalhos.
 
 
O Presidente da Mesa da Assembleia Geral
 
 
 
 
(Hélio Manuel Faria Justino)

 

PUBLICADO POR samoraemmovimento às 23:13

 

O Vereador José da Avó, deu conta, na reunião de Câmara do passado dia 1 de Março, da preocupação manifestada por alguns moradores na Rua da Samorena em Samora Correia, nomeadamente os que habitam nos lotes treze, quinze e dezasseis e que têm lotes vagos e escavados ao lado dos seus. Estes lotes vagos já à mais de há um mês a esta parte se tornaram autênticas piscinas com as chuvas intensas que se têm feito sentir, estando actualmente a provocar infiltrações nas garagens daqueles munícipes. O Vereador social democrata crê ser necessário alertar os proprietários daqueles lotes de que não poderão mantê-los na situação actual, sob pena de danificar as estruturas das construções adjacentes.

 



Em resposta ao Vereador, o também Vereador Miguel Cardia informou que já houve uma intervenção do Serviço Municipal de Protecção Civil, a pedido dos proprietários das edificações existentes, estando em curso a notificação aos proprietários para resolução do problema. O Senhor Presidente da Câmara acrescentou que se tratam de terrenos particulares, nos quais os proprietários provavelmente abriram fundações ou caixa para as mesmas, transformando-os em piscinas, com prejuízo para os alicerces e para as paredes dos prédios vizinhos. Opinou que, estando já efectuadas as devidas notificações, e não podendo a Câmara Municipal ter outra actuação que não seja a de sensibilização, deverão ser contactados os moradores ou os condóminos, se houver, de modo a esclarecer que havendo uma questão de direito privado de prejuízos, esta tem de ser invocada por
alguém, pelo que terão de estar preparados para avançar com uma acção em Tribunal.

José da Avó alertou novamente para a situação que já referiu em anterior reunião do Executivo, relativa à existência dum muro com menos de 20 cm de altura que existe entre a Urbanização das Oliveirinhas e o Arneiro dos
Pilares. Este muro traz algum perigo, nomeadamente para crianças ou outros municipes que possam circular no Arneiro dos Pilares, uma vez que o piso tem um desnivel superior a 1,5 metros em algumas zonas. Referiu que, aproveitando a obra em curso naquele espaço, se deverá criar ali alguma protecção a quem circula no Arneiro dos Pilares.


Em resposta, o senhor Presidente informou ter visitado o local, conjuntamente com o senhor Vereador Carlos Coutinho, e que a situação preconizada é a subida do muro ou a instalação de um gradeamento para evitar acidentes.
 



 

PUBLICADO POR samoraemmovimento às 22:18

 

Os moradores da Rua do Campino, em Samora Correia, continuam descontentes com a ETAR (Estação de Tratamento de Águas Residuais) da Quinta dos Gatos. O problema dos maus cheiros ficou resolvido com o funcionamento a introdução de compressores que eliminam os maus odores, mas trouxe a questão do ruído.

A ETAR está situada do outro lado da rua, mesmo em frente aos queixosos. Luís Moreira admite que desde a reunião com os responsáveis da Águas do Ribatejo a questão dos maus cheiros foi atenuada, mas que “ainda não houve paz para os moradores da Rua do Campino”.

“Resolveram um problema, mas criaram outro”, diz o vizinho José Ferreira. O morador sublinha que quase impossível dormir com os motores que estão constantemente ligados, de dia e de noite.

A Águas do Ribatejo esclarece que a questão do ruído na ETAR “resulta do funcionamento dos compressores, que lançam ar comprimido para fazer a oxigenação dos tanques de arejamento do sistema e eliminam os maus cheiros de que os moradores legitimamente se queixavam”.

Segundo os responsáveis da empresa intermunicipal, está de momento a ser estuda em conjunto com técnicos de empresas especializadas “a melhor forma de minimizar o ruído dos compressores que são imprescindíveis para a eliminação dos cheiros” e “em breve a Águas do Ribatejo irá apresentar uma solução para a insonorização” da ETAR.

 

NOTICIA MIRANTEONLINE

 

PUBLICADO POR samoraemmovimento às 13:20

QUEM SOMOS

VER PERFIL

SEGUIR PERFIL

3 seguidores
PESQUISAR
 
Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Março 2010
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6

7
8
9

14




ARQUIVOS
2019:

 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12


2018:

 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12


2017:

 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12


2016:

 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12


2015:

 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12


2014:

 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12


2013:

 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12


2012:

 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12


2011:

 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12


2010:

 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12


2009:

 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12


2008:

 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12


tags

todas as tags

subscrever feeds
blogs SAPO