Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

SAMORA EM MOVIMENTO

" A INFORMAÇÃO NO MOMENTO "

SAMORA EM MOVIMENTO

" A INFORMAÇÃO NO MOMENTO "

ASSOCIATIVISMO? QUE FUTURO

 

 

 Seminário “ASSOCIATIVISMO: Que Futuro?”, promovido por esta Assembleia Municipal e que terá lugar no próximo 25 de Setembro de 2010, com início pelas 15.30 horas, no Cine-Teatro de Benavente, na vila de Benavente

 

 

  programa

 

 15.30h | Recepção dos convidados / Inauguração da Exposição

 15.30h | Recepção dos convidados / Inauguração da Exposição

16.00h | Início dos trabalhos

Carlos Alberto Pernes

Presidente da Assembleia Municipal de Benavente

16.05h | António José Ganhão

Presidente da Câmara Municipal de Benavente

16.15h | Dr.ª Lucinda Martins

Investigadora na área da Educação e Formação de Adultos | Associativismo

- Movimento Associativo como Factor de Inclusão

- Papel das Mulheres

16.30h | Dr. Pedro Ventura

Presidente Científico para as Comemorações do Centenário do Associativismo

- O Associativismo e a República em Benavente

16.45h | Coffee Break

17.00h | Dr. Ludgero Mendes

Folclorista e Dirigente Associativo

- Movimento Associativo enquanto Factor de Prestígio e de

Desenvolvimento Sustentado

17.15h | Dr. Augusto Flor

Presidente da Confederação Portuguesa das Colectividades de Cultura, Recreio, e

Desporto

- Legislação, Fiscalidade, e Formação de Prestígio e de

Desenvolvimento Associativo

 

 17.30h | Debate

Moderado por Dr.ª Dora Morgado

Coordenadora da Comissão Permanente de Educação, Cultura, Juventude, Tempos

Livres, Desporto, Informação e Novas Tecnologias da Assembleia Municipal de

Benavente

18.30h | Encerramento dos Trabalhos

Carlos Alberto Pernes

Presidente da Assembleia Municipal de Benavente

 --------------------------------------------------------------------

 

De vozdoconcselho a 19 de Setembro de 2010 às 22:00
Um tema importante que a vozdoconcselho irá marcar presença.


PROFESSORA AGREDIDA VOLTOU AO TRABALHO, MAS ESTÁ ABATIDA

 

 CESAR BARREIRA director do Agrupamento Escolas Samora Correia

 

noticia mirante online

 

A docente, com cerca de 50 anos, (que não é a professora da criança em questão), dirigiu-se na manhã de quinta-feira à zona da entrada para explicar aos encarregados de educação que não era possível abrir uma excepção. Foi nessa altura que o pai e a mãe do menino partiram para a violência física empurrando a professora.

Militares da GNR e elementos da Escola Segura assistiram ao incidente que já é considerado crime público. O casal foi detido e presente a tribunal. O director do Agrupamento de Escolas de Samora Correia, César Gabriel Barreira, só espera que o processo se desenrole com a celeridade que defendeu o Procurador Geral da República para estes crimes.

Depois de ser assistida no Centro de Saúde de Benavente a professora regressou à escola. Esta sexta-feira já voltou a apresentar-se ao serviço apesar das indicações do director do agrupamento que sugeriu que a docente se ausentasse durante alguns dias do trabalho.

O MIRANTE apurou que o aluno do segundo ano, com sete anos de idade, chegou a agarrar-se a um dos pilares da escola recusando-se a seguir caminho com o pai. “O aluno interiorizou uma regra que um adulto se recusou a cumprir”, interpreta o director do agrupamento.

A escola determinou por razões de segurança e organização que os pais devem deixar os alunos do primeiro ciclo à entrada do portão. As crianças são encaminhadas para a sala com a ajuda das auxiliares de acção educativa que, apesar de em número reduzido face ao universo de alunos, se esforçam por manter a organização.

“Temos 305 alunos do primeiro ciclo. Se os pais viessem todos levar os filhos até à sala teríamos 610 pessoas”, argumenta o director acrescentando que as crianças são inteligentes e sabem chegar à sala. César Gabriel Barreiro, que ressalva que no dia da apresentação os pais tiveram acesso à escola, garante que é intenção do estabelecimento preservar a tranquilidade das crianças e evitar o stress numa altura em que estão a iniciar uma nova etapa das suas vidas.

O director, que considera que a professora foi humilhada publicamente, garante que a docente está bastante abalada com a situação, bem como toda a comunidade educativa que repudia este tipo de atitudes.

FALTA DE QUALIDADE PARA SE VIVER NA FREGUESIA

 

 

 

PARQUE SENIOR NO PORTO ALTO

 

 

Bom dia!
Sou moradora no Porto Alto à cerca de 30 anos e cada vez mais questiono a falta de qualidade que esta localidade está a ter para se viver.
Tenho uma filha pequena e sempre que tenho algum tempo livre, não consigo usufruir do espaço circundante à minha casa para passear devido ao perigo existente com os inúmeros cães abandonados na rua.
Não se pode andar de bicicleta em segurança, eventualmente jogar à bola, andar de patins ou somente passear.
Além disso, o único parque infantil do Porto Alto não dispõe de sombras e é bastante distante para a maioria da população, sendo obrigados a utilizar transporte.
Quanto a outros espaços de lazer não existentem, à excepção do parque sénior.
A zona ribeirinha é bastante vasta. Não haverá possibilidade de a utilizar para zona de estar/lazer?
Se Samora Correia tem a dimensão que tem, também o deve aos habitantes do Porto Alto e à industria e espaços de logística aí existente.
A freguesia não é só a sede de concelho, os habitante do Porto Alto também votam!
Sou apenas uma migalha no seio dos munícipes que pensam como eu.
Será um assunto a ter em conta para os autarquas locais ou nem por isso?
Obrigada pela atenção 

 

ANA LARANJINHA 

 --------------------------------------------------------

 

De Peter a 20 de Setembro de 2010 às 12:09
Bom dia,

Concordo com algumas coisas que aqui se refere. Não percebo é o porquê das suas afirmações relativamente à Zona Ribeirinha de Samora Correia...
Já lá esteve?Acha que tem uma grande dimensão?Acha que está bem conservada?Acha que é seguro andar lá com crianças quando aquilo só funciona como um super-mercado de droga? Se acha que a Zona Ribeirinha de Samora é tâo grande como diz, então veja a de Benavente que até bancos em mármore tem e é muito maior que a de Samora Correia.
Acho que não deve haver separação das gentes do Porto Alto e de Samora, pois na minha modesta opinião, somos um só e a união faz a força!


 
 
De OI a 27 de Setembro de 2010 às 18:02
Sou de Samora Correia e concordo que o Porto Alto tem sido um pouco marginalizado e tem mesmo falta de espaços verdes e espaços de lazer. Samora tem alguns mas também é verdade que a zona ribeirinha podia estar bem melhor, mais segura e cuidada. Não me parece é muito correcto esta insistência na separação entre Porto Alto e Samora, eu pelo menos não faço qualquer distinção e preconceito com o Porto Alto... Como diz o Peter: somos um só e precisamos de estar unidos.

PROFESSORA AGREDIDA NO CENTRO ESCOLAR DE SAMORA CORREIA

 

 

Samora Correia: Casal detido e vítima tratada no centro de saúde

Pais violentos agridem docente

Os pais de uma criança que frequenta o Centro Educativo de Samora Correia agrediram ontem de manhã, violentamente, uma professora com cerca de 50 anos que lecciona naquele estabelecimento de ensino.

 

 

 

 

A vítima foi conduzida ao Centro de Saúde de Benavente, onde recebeu assistência, e os agressores foram detidos no local.

Ao que o Correio da Manhã apurou, o casal - a mulher com 31 anos e o homem com 48 - recusou-se a obedecer à regra que determina a permanência dos pais na zona da entrada da escola, entregando os filhos a uma funcionária, que posteriormente os conduz às salas de aula.

Em vez de deixarem o filho aos cuidados da funcionária, os pais do menor resistiriam a qualquer argumento e acabaram por forçar a entrada na escola. Quando uma professora, que chegava naquele momento, tentou impedi-los, foi ameaçada e agredida com violência.

As ameaças e ofensas à integridade física ocorreram junto ao portão do Centro Escolar de Samora Correia. Elementos do Núcleo Escola Segura de Coruche e militares da GNR de Samora Correia assistiram às agressões, detendo de imediato o casal que as efectuou.

 

 

NOTICIA NO CORREIO DA MANHA 17-09-10

 

-------------------------------------------------------------

 

De Ana a 18 de Setembro de 2010 às 09:08
É assim que estes pais transmitem bons exemplos ao seu filho?