Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

SAMORA EM MOVIMENTO

" A INFORMAÇÃO NO MOMENTO "

SAMORA EM MOVIMENTO

" A INFORMAÇÃO NO MOMENTO "

2010 -MAIS UM ANO CHEGA AO FIM - AS NOTICIAS EM DESTAQUE

 

 

 

   2010 Chega ao fim, lá se vai mais um ano, ai vem um novo ano, que dizemos sempre, esperemos que seja melhor. Na barra lateral do  blog, tem em destaque as noticias que marcaram 2010, na cidade de Samora Correia e na freguesia.

  Apesar da crise, Samora continuou com a sua actividade cultural, desportiva e recreativa. O Carnaval e as Festas, continuam a ser os eventos de maior projecção de Samora Correia, trazendo até ao Ribatejo milhares de visitantes.

  Um ano em que aconteceu um pouco de tudo, coisas boas e  menos boas. Vamos  ver como vai ser o 2011.

 

 

 

 

AS CHEIAS DE FEVEREIRO

 

 

 

  

  

 

Quanto ao SAMORA EM MOVIMENTO, o numero de visitas ao blog, tem vindo sempre a aumentar, ano após ano, quando estamos perto de completar três anos. OBRIGADO e bom ano de 2011.

 

 

                           SAMORA EM MOVIMENTO 

-------------------------------------------------------------------------------------

 

COMENTARIOS

 

 


 

De Marco a 3 de Janeiro de 2011 às 09:57
Olá Margarida

Antes de mais o meu nome é Marco e sou o marido da Ana Margarida lembro-me de ti por andares sempre com ela na antiga telescola acho que nunca falamos muito mas como tínhamos amigos em comum e era “cliente” do teu pai lembro-me perfeitamente de ti. Ela vai ficar muito contente não foi à muito tempo que falamos de ti.

Como a Ana raramente vem aqui ao blog dou-te o email dela e assim podem contactar-se

Aqui vai:

Anfonseca@hotmail.com

Cumprimentos

Marco Silva


De Margarida a 1 de Janeiro de 2011 às 07:59
Que 2011 seja um ano cheio de paz e prosperidade, é o que desejo a todos os samorenses. Por favor postem mais fotos da cidade, vista panorâmica para que eu possa matar as saudades, pois fazem 20 anos que me mudei para o Brasil e quero muito saber como está a cidade...
PS: Procuro a Ana Margarida Lageira Oliveira Fonseca.
Beijos,
Margarida Lavado


CAMPANHA PARA O USO RACIONAL DE AGUA

 

 

Cerca de 2000 crianças de escolas do primeiro ciclo dos sete concelhos que integram a empresa intermunicipal Águas do Ribatejo (AR) participaram já nas acções de sensibilização que a empresa tem vindo a desenvolver em conjunto com a Associação de Defesa do Consumidor (DECO).

As acções incidem na divulgação de boas práticas para reduzir os consumos de água e visam chegar, através das crianças, aos pais, avós e restantes familiares, afirma a AR em comunicado.

O ciclo “Vamos tratar bem a água” sensibiliza para o aproveitamento da água da chuva, para a redução do consumo, para a necessidade de diminuição da produção de águas residuais e vai ser alargado, em 2011, aos alunos do segundo ciclo.

A Águas do Ribatejo, responsável pela gestão dos sistemas de água e saneamento dos municípios de Almeirim, Alpiarça, Benavente, Chamusca, Coruche, Golegã e Salvaterra de Magos, tem em curso investimentos na rede

CONFUSÃO NAS CONTAS DA AREPA

 

 

noticia MIRANTEONLINE

  

As finanças querem cobrar à AREPA, Associação Recreativa do Porto Alto, concelho de Benavente - cem mil euros de impostos relativos à organização da festa anual (2006/ 2007) e outros eventos como quermesses, bailes, festivais de folclore e peditórios dinamizados pela associação sem fins lucrativos.

 

A contabilidade mal organizada da associação, que estava a ser efectuada por um profissional da área gratuitamente, levou as finanças a elaborar um relatório em que exige à colectividade o pagamento de impostos em relação a algumas operações da AREPA que deveriam estar isentas.

 

“Tínhamos uma rubrica ‘prestação de serviços’ e as Finanças entenderam que estávamos a alugar atletas quando na realidade o valor diz respeito às quotas pagas pelos atletas para praticar determinada modalidade”, explica o presidente da direcção AREPA, António Lameiras, que justifica a inclusão de determinadas rubricas na contabilidade da associação para permitir que os sócios pudessem analisar claramente as contas da associação.

 

Em Novembro o dirigente associativo, convicto de que as contas da AREPA estavam em conformidade com o que é exigido, abriu de boa fé as portas aos inspectores das Finanças. Só percebeu que algo estava mal quando a associação foi notificada a 23 de Novembro deste ano para pagar um montante exorbitante.

 

Pediu ajuda a advogados e auditores e conseguiu apresentar um recurso que já foi remetido à Direcção de Finanças de Santarém. António Lameiras acredita que a argumentação por parte de quem domina a matéria, a legislação e conseguiu esclarecer o que está em causa será suficiente para fazer prevalecer o bom senso.

 

“Porque a AREPA não possui qualquer estrutura administrativa fixa e procura cumprir todas as suas obrigações recorrendo à boa vontade dos seus sócios e amigos entende-se que possam existir, por vezes, incongruências nas suas acções por puro amadorismo”, lê-se no recurso.

 

Para quem dedicou as últimas duas décadas da vida ao associativismo no Porto Alto foi duro golpe enfrentar a situação como esta. Os problemas consumiram-no no último mês. “Em quinze dias emagreci seis quilos”, exemplifica para demonstrar como a situação o abalou. Assim que as contas estiveram regularizadas António Lameiras vai deixar a colectividade.

 

 

PRESIDENTE DA AREPA , ANTONIO JOSE LAMEIRAS 

 

 

“Há 17 anos que o relatório e contas da AREPA é feito da mesma forma. Para quando o gabinete de apoio às colectividades que andamos a pedir à câmara há cinco anos?”, questiona o dirigente lembrando que foram multados recentemente em 200 euros por não terem conhecimento de que deveriam comunicar os novos órgãos sociais depois das eleições. “Enviámos um ofício à câmara de Benavente a pedir que nos informassem sobre essas e outras questões relacionadas com os deveres das associações, mas até agora não obtivemos resposta”, queixa-se.

 

Na última assembleia municipal o presidente da Câmara Municipal de Benavente, António José Ganhão, garantiu que tem prestado o apoio necessário à associação em causa, mas considera que a solução para os problemas não é fácil de encontrar. “A varinha mágica não está no gabinete de apoio e não vai substituir o papel das direcções”, afirmou.

CAMARA DE BENAVENTE PRESTA APOIO A VITIMAS DE VIOLENCIA DOMESTICA

 

 

NOTICIA MIRANTEONLINE

 

Os serviços da Câmara Municipal de Benavente prestam apoio e encaminham pessoas vítimas de

violencia doméstica. A informação foi transmitida pelo presidente da autarquia, António José Ganhão (CDU), na última assembleia municipal de Benavente.

 

“A câmara municipal não precisará de criar uma estrutura específica para vítimas de violência doméstica porque os serviços já fazem esse trabalho. Temos um conjunto de técnicos que estão atentos a essas situações”, esclareceu o autarca na sequência da intervenção da deputada socialista na assembleia municipal, Vânia Castanheiro, que sugeriu a criação de um gabinete de apoio às vítimas de violência doméstica com as funções de “ouvir as vítimas, aconselhá-las e acima de tudo de as proteger de outros eventuais ataques à sua pessoa, à sua dignidade”.

 

O IV Plano Nacional contra a Violência Doméstica, aprovado a 10 de Dezembro para o triénio de 2011-2013, destaca a necessidade de envolver os municípios na prevenção e combate à violência doméstica, o que levou a deputada a propor a medida para o município de Benavente.

 

A autarca socialista evocou o dia 25 de Novembro - Dia Internacional para a Eliminação da Violência Contra as Mulheres – e sublinhou que este ano já morreram 39 mulheres vítimas deste crime.

 

“É imperativo não baixar os braços na luta contra este crime, este flagelo social, este atentado contra a reiterada violação dos direitos humanos, de desrespeito pelos princípios fundamentais de igualdade, segurança, liberdade, integridade e dignidade de todos os seres humanos”, declarou Vânia Castanheiro.

 

 

FOGUEIRA NATALICIA

 

    Mais uma vez, mantendo a tradição a ARCAS, acendeu a fogueira na Praça da Republica na noite de Consoada, para além do Presépio que se encontra no Jardim do Palacio do Infantado.

 

 CONTINUAÇÃO DE BOAS FESTAS

 

SAMORA MAIS UMA DERROTA DESTA VEZ EM OUREM

  

 

  SAMORA NÃO PASSOU EM OURÉM

 

 

 A equipa do SAMORA CORREIA, continua sem encontrar o caminho da vitória, nesta segunda volta do campeonato. Hoje foi a quinta derrota consecutiva, a terceira por 0-1. Em Ourém o jogo começou, com vinte cinco minutos de atraso, mais uma vez devido a uma quebra de energia na iluminação do Estadio, como tinha acontecido no jogo que a equipa de Ourem era para fazer com o Benavente e foi interrompido por falta de energia.

   Os pupilos de João Bancaleiro, tudo fizeram por não perder o jogo, ao intervalo mantinha se, mas a equipa local acabou por vencer, continuando na luta pelos seis primeiros lugares, colocando o Samora, na penultima posição da tabela classificativa.

  A seis jornadas do fim desta fase do campeonato, a luta pelos seis primeiros lugares, está bem renhida. O campeonato vai regressar a 9 de Janeiro,

 

RESULTADOS DA 16ª JORNADA

 

     OURIENSE 1 SAMORA 0

   BENAVENTE 0 AMIENSE 0

OURIQUENSE 1 TORRES NOVAS 2

          MAÇÃO 2 CARTAXO 1

       U.TOMAR 3 PEGO 0

ALCANENENSE 2 FAZENDENSE 0

 

 

CLASSIFICAÇÃO

 

 

1º CARTAXO           29 PONTOS

2º MAÇÃO               28

3º TORRES NOVAS  27

4º FAZENDENSE      25

     ALCANENENSE    25

     OURIENSE          25   menos um jogo

---------------------------------------

7º PEGO                  23

8º BENAVENTE         21   menos um jogo

9º U.TOMAR             19

10º AMIENSE            16

11º SAMORA             10

12º OURIQUENSE       8

  

  

Jogo em atraso  OURIENSE - BENAVENTE realiza se no dia 19 Janeiro pelas 21h (faltam jogar 65 minutos )

 

---------------------------------------------------------------

 

De pedro pereira a 24 de Dezembro de 2010 às 18:24
continuam a perder jogos mas o treinador aposta sempre nos mesmos... dispensa jogadores que o ano passado prestavam e este ano já nao prestam e nem lhes da oportunidades com o valdo ou o carlos ou até o vitor hugo que acho que ja se foi embora porque não jogava...
agora vão buscar jogadores de fora que vão para la fazer o mesmo ou pior e so vão levar mais dinheiro ao clube, enfim é o que temos!



 

De vozdoconcselho a 28 de Dezembro de 2010 às 09:34
Meu Caro, Carlos Luís Henriques do Blog "Samora em Movimento" quero esclarecer que eventualmente existe alguém com o mesmo nome e apelido, ou então, quer utilizar o meu nome para gerar opinião. Há uns tempos a esta parte que estou afastado destes e outros comentários e tenciono manter-me por muito tempo fora de "polémicas". O Samora tem uma direcção que tem legitimidade para decidir, o que entender. Como sócio e adepto, espero que encontrem rapidamente o caminho das vitórias, seja com estes ou outros jogadores ou treinadores. Ainda que sempre tenha defendido que é possível ter uma equipa sénior na principal divisão da AFSantarém ou até na 3.ª nacional, com a prata da casa.



De ex samora a 28 de Dezembro de 2010 às 23:48
este plantel tem qualidade, pena que o treinador teimoso aposta sempre nos mesmos é triste, a muita rapaziada que nem faz parte do clube que tem muito talento e que nem faz parte deste grupo e eu pergunto porque, jogadores ex juniores como abreu, barradas, sergio, diogo que nem a pre epoca fizeram e eu pergunto, foram eles que nao quiseram?? ouvi boatos que nem um telefonema foi feito para estes atletas, ora aqui estava uns belos presentes de natal! boa sorte!!



MORTO EM ASSALTO

 

 

noticia CORREIO DA MANHÃ

 

 

Um homem de nacionalidade chinesa foi ontem morto a tiro, no Porto Alto, Samora Correia, no decorrer de um assalto à mão armada efectuado por quatro indivíduos a um armazém grossista de produtos chineses.

 

 

O homicídio teve lugar pelas 19h25, com a vítima a ser atingida por um tiro de caçadeira na zona abdominal. Ao que tudo indica, terá sido utilizada outra arma, uma vez que havia invólucros perto do corpo. Os suspeitos fugiram num Seat e já teriam visitado o local do crime durante a manhã. 

EDUCAÇÃO E ACESSIBILIDADES SÃO PRIORIDADES EM 2011

 

 

A educação e as acessibilidades são as duas grandes prioridades do município de Benavente para 2011. O orçamento para o próximo ano ronda os 20 milhões de euros - menos dois milhões que no ano passado – e por isso a câmara apresentou uma proposta contida que dá primazia às obras com candidatura já aprovada no QREN (Quadro de Referência Estratégico Nacional). É o caso do Centro Escolar de Porto Alto, variante a Samora Correia, variante à Vila das Areias, em Benavente, e ligação da estrada 515 à 118-1, entre Barrosa e Santo Estêvão.

 

As propostas de orçamento e as Grandes Opções do Plano foram aprovadas por maioria na última assembleia municipal, realizada na tarde de sexta-feira, 17 de Dezembro, com 14 votos a favor da CDU e 10 abstenções das restantes bancadas (PS, PSD, CDS-PP e BE).

 

O documento prevê ainda um conjunto de intervenções que dizem respeito a ruas e arruamentos, bem como à rede viária e a espaços verdes, como é o caso da urbanização de Vale Bispo, na Barrosa. Algumas obras darão continuidade ao trabalho já iniciado no ano anterior.

 

O presidente da Câmara Municipal de Benavente considera importante que face aos fundos disponíveis se dê prioridade a obras comparticipadas. “Estamos a concluir um conjunto de projectos tendo em conta a possibilidade de virmos a conseguir novas candidaturas na reformulação do QREN que se vai verificar no ano de 2011”, explicou a O MIRANTE António José Ganhão (CDU).

 

O autarca garante ainda que a câmara está atenta aos equipamentos sociais. “Só temos um em condições de avançar que é o lar para pessoas com deficiência do CRIB, mas está já em fase de aprovação a candidatura da nova creche para Benavente e temos a expectativa de que o Lar da Maxuqueira possa vir a ser financiável”, revela o autarca que garante que estas obras estão contempladas, mas com alguma indefinição no que diz respeito aos prazos. “Temos a esperança de poder vir a incluir novos projectos e a fazer uma primeira revisão do orçamento já com a inclusão de novas candidaturas”, concluiu.

 

O deputado do Bloco de Esquerda, Hélder Agapito, reclamou mais participação na elaboração de orçamentos futuros. O deputado do PSD, Nuno Ganhão, lamentou por seu lado que o orçamento tenha em previsão a construção de estradas em vez de mais escolas.

 

A bancada do PS, pela voz de Joaquim Castanheiro, desafiou António José Ganhão a oferecer gratuitamente as refeições aos alunos do primeiro ciclo. A sugestão não foi bem acolhida. “Não recebemos lições de ninguém em matéria de gestão municipal. Se o Ministério da Educação, a quem essa medida já foi proposta, diz que o país não tem condições para isso serão os municípios a fazê-lo?”, questionou o presidente lembrando que o município já foi pioneiro ao garantir gratuitamente as refeições às crianças do ensino pré-escolar. António José Ganhão sublinha que Benavente tem um orçamento “cauteloso e prudente” que não hipoteca o futuro da câmara.

 

Pág. 1/5