Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

SAMORA EM MOVIMENTO

" A INFORMAÇÃO NO MOMENTO "

SAMORA EM MOVIMENTO

" A INFORMAÇÃO NO MOMENTO "

SAMORA VENCE SALVATERRENSE EM MARINHAIS

 

 

NUNO MATIAS REMATE SOBRE A BARRA

 

   O Grupo Desportivo de Samora Correia, venceu esta tarde em Marinhais, o Salvaterrense por 3-0, em jogo movimentado, em que a equipa samorense, foi superior e venceu com todo merito.

 

   A equipa axadrezada entrou bem no jogo, logo aos 8 minutos, Nuno matias, teve a primeira oportunidade para marcar, atirou sobre a barra,aos 16 minutos, um livre de Madeira, proporcionou a Antonio uma excelente defesa para canto, mas o primeiro golo surgiu aos 24 minutos, por Resende, após a marcação de uma canto. Quatro minutos depois o segundo golo por Matias, após  dois remates, que a defesa consegui interceptar, mas depois Matias a conseguir rematar para o fundo da baliza.

 

   A perder por 2-0 ao intervalo, João Paulo treinador do Salvaterrense fez três alterações logo no inicio da segunda parte, para dar mais pendor ofensivo á sua equipa, que esteve bem no primeiro quarto de hora deste segundo tempo, onde esteve mais ofensivo. Mas depois o Samora voltou a Controlar a partida, Pedro Teixeira obteve o terceiro golo samorense, fechando o marcador,num jogo em que o Samora fez uma agradavel exibição, das melhores da epoca.

   

  No final, alguns lamentos dos jogadores samorenses, a equipa ganha, mas nos treinos durante a semana não há agua quente para tomar banho e não temos director. O Vice Presidente Jorge Martins, demitiu se durante a semana.

 

   Arbitragem  em bom plano de Bruno Cruz

    

 

Jogo no Campo nº1 do Complexo Desportivo de Marinhais

 

Arbitro - Bruno Cruz, auxiliado por Marcio Duarte e Pedro Soares

 

SALVATERRENSE - Sereno; Oliveira, João Simões, Madeira e Tiago: Hugo, Coelho, Moreira e Osvaldo; Valter e Daniel.

 

Jogaram ainda Tancredo, Diogo e Ruben

 

SAMORA CORREIA - Antonio: Alemão, Resende, Sergio e Barradas; André Florindo, João Vitor, Badalo e Pedro Teixeira; Nuno Matias e Cardoso.

 

Jogaram ainda Pederneira, Bento e Moreira.

 

GOLOS - 24M Resende 0-1, 28m Nuno Matias 0-2, 75M Pedro Teixeira 0-3

 

-------------------------------------------------------------------------------------------

 

 

 

PEDRO BRANDÃO RECONSIDEROU E CONTINUA NA AREPA

 

 

 

 

   O Treinador da equipa da AREPA, que na passada semana após o jogo de Benavente, pôs o lugar á disposição da direcção do clube, mas duarante a semana reconsiderou e vai orientar a equipa até final da epoca. A direcção  e os jogadores pediram para que ele não abandonasse a equipa nesta altura, quando vai começar a fase final so campeonato.

 

    Hoje foi a ultima jornada da primeira fase, mais uma vez a AREPA bateu se nas Fontainhas, frente ao Fazendense, mas mais uma vez, voltou a perder, desta vez por 1-2. De destacar no encontro a excelente exibição do jovem guarda redes da AREPA, André, que ainda é junior.

 

   A segunda fase vai começar na proxima semana, os pontos conseguidos na primeira fase, vão ser divididos e a classificação da fase de Manutenção, fica assim ordenada.

 

    1º FAZENDENSE            13 PONTOS

    2º U.TOMAR                     9

          MOÇARRIENSE           9

    4º FERROVIARIA              7

    5º AREPA                         4 

 

 

COMUNICADO JS RIBATEJO E JS BENAVENTE

 

 

Caros Presidentes de Câmara, eleitos pelo Partido Socialista no Distrito de Santarém,


Em 2009, através da Lei nº 8/2009, de 18 de Fevereiro, foi criado o regime jurídico dos Conselhos Municipais de Juventude (CMJ). Este diploma veio consagrar legalmente uma importante ferramenta de participação cívica dos jovens e de auscultação pelos municípios, impondo desde logo um período de adaptação de 6 meses pelas autarquias.

A Associação Nacional de Municípios Portugueses (ANMP) colocou, desde o primeiro momento, os mais diversos obstáculos e entraves à sua implementação, fundamentando-se em pareceres jurídicos dúbios e de questionável pertinência. No entanto, grande parte dos municípios decidiu acompanhar a ANMP nas suas dúvidas e adiou a implementação do CMJ, rejeitando a possibilidade de recolher contributos positivos dos jovens para a governação local.

Durante os anos de 2010 e 2011, realizaram-se diversos trabalhos de revisão do diploma legal, com a participação da Juventude Socialista, da JSD e da JP, tentando colmatar lacunas e dissipar dúvidas de interpretação, com consulta à ANMP, ao Instituto Português da Juventude (IPJ), ao Conselho Nacional de Juventude (CNJ), à Federação Nacional das Associações Juvenis (FNAJ), entre outras entidades.

A Lei n.º 6/2012, publicitada em Diário da República de 10 de Fevereiro, resultou da aprovação em Assembleia da República, a 16 de Dezembro de 2011, da revisão da Lei dos CMJ, no sentido de esclarecer dúvidas interpretativas da versão inicial, dando resposta definitiva aos que procuravam invocar argumentos formais para inviabilizar a instituição deste importante instrumento de participação política dos jovens.

Imediatamente após a publicitação referida, a ANMP divulgou um comunicado a todas as autarquias, no sentido de não procederem à instituição dos CMJ. Esta atitude não é aceitável e demonstra um desrespeito pela Assembleia da República e, sobretudo, pelos cidadãos mais jovens.
Os factos são claros: a revisão da lei que instituiu os CMJ foi suscitada por diversas entidades, entre as quais a própria ANMP, sendo o texto legal entretanto alcançado o fruto de um trabalho conjunto entre os diversos partidos políticos, grupos parlamentares e juventudes partidárias, traduzindo as alterações registadas o resultado do consenso entre as diversas estruturas, que sempre procuraram responder aos argumentos e preocupações da ANMP.

O diploma revisto alterou as normas cuja inconstitucionalidade havia sido invocada e clarificou de forma inequívoca que os pareceres a emitir pelos CMJ não têm carácter vinculativo e que a sua não emissão não obsta à apreciação e votação do plano e orçamento municipais. Caminhando igualmente no sentido de uma observação da ANMP, foi também clarificada a forma de cedência de instalações pelos municípios aos CMJ e a forma de prestação de apoio àquelas entidades.

Num momento em que a própria Comissão Europeia lança uma iniciativa Oportunidades para a Juventude, desafiando as várias autoridades nacionais e regionais a implementarem políticas vocacionadas para os jovens, a publicação da lei de revisão do regime jurídico dos CMJ deveria ter sido reconhecida pela ANMP como uma oportunidade para o poder local aprofundar a adopção de políticas de juventude à escala municipal.

Uma vez mais, pretende-se realçar a participação nos processos decisórios e assume-se como a construção de um novo paradigma de efectivo envolvimento dos jovens na gestão autárquica em todo o território nacional. É por isso que continuamos a defender que quanto maior for a participação dos jovens nas comunidades locais, melhores serão as perspectivas de afirmação e desenvolvimento dos nossos territórios e a qualidade das decisões públicas.

Consequentemente, repudiamos a circular emitida pela ANMP aos diversos municípios portugueses, mantendo a sua posição de não implementação dos CMJ. Trata-se de um desrespeito pela Assembleia da República, pelos jovens e sobretudo pela democracia local, tendo em conta que a ANMP teve a oportunidade de participar neste debate, foi ouvida na primeira aprovação desta lei e, apesar de convidada a estar presente na discussão desta revisão, entendeu não participar.

 

A JS/Ribatejo apela, hoje, para que os Municípios do Distrito de Santarém, governados por eleitos pelo Partido Socialista, sejam vanguardistas e pioneiros nesta questão, sabendo que já temos bons exemplos na região.

 

---------------------------------------------------------------------------------------------------------

 

 

 

COMUNICADO

 

A Juventude Socialista de Benavente, em concordância com a posição da JS Ribatejo, na efectiva implementação dos Conselhos Municipais da Juventude, previsto por lei, lamenta a posição de “bloqueio” adoptada pela Associação Nacional de Municípios e extensível à maioria CDU na Assembleia Municipal de Benavente.

É do nosso entendimento que a não implementação dos Conselhos Municipais da Juventude constitui, não só um desrespeito pela legislação em vigor aprovada pela Assembleia da República e publicada em Diário da República, como também constitui um retrocesso para a democracia do País.

Numa altura em que os jovens são acusados de não participarem activamente na vida pública, e quando a própria Comissão Europeia considera como prioritário nas políticas para a juventude, uma renovação das formas de participação dos jovens da vida pública (em “Programa Juventude em acção 2007-2013”, referente à decisão nº1719/2006/CE do Parlamento Europeu), o próprio poder local rejeita essa possibilidade e esse direito aos jovens Portugueses.

 A Juventude Socialista de Benavente entende que a implementação dos Conselhos Municipais da Juventude são uma mais-valia para a construção e definição de políticas locais. Não concebemos o modelo de desenvolvimento do município sem a participação cívica e política dos jovens.

A visão “fechada” que a maioria CDU revela, é para nós Juventude Socialista de Benavente um erro em democracia e como tal deverá ser corrigido.

Neste sentido apelamos à reapreciação da posição adoptada pela maioria CDU, para bem da evolução e do progresso da democracia, da política local e do município de Benavente.

 

http://jsbenavente.wordpress.com

 

 

OS JOGOS DO FIM DE SEMANA

 

DIVISÃO PRINCIPAL DA A.F.SANTAREM

 

ULTIMA JORNADA 1ª FASE

 

 

OURIENSE 0 BENAVENTE 0

AMIENSE 1 TORRES NOVAS 1

MOÇARRIENSE 3 CIDADE FERROVIARIA 2

ALCANENENSE 2 MAÇÃO 2

AREPA 1 FAZENDENSE 2

 

 

DIVISÃO SECUNDARIA - SERIE B

 

GOLEGANENSE 1 CORUCHENSE 4

SALVATERRENSE 0 SAMORA CORREIA 3

GLORIA 0 PONTEVEL 0

U.ALMEIRIM 3 BARROSENSE 1

CHAMUSCA 0 EMPREGADOS COMERCIO 4

 

 

JUNIORES I DIVISÃO

 

FATIMA 4 OURIENSE 0

FAZENDENSE 2 GLORIA 3

SAMORA CORREIA 1 CARTAXO 1

ACADEMICA SANTAREM 11 CORUCHENSE 1

U.TOMAR 0 AMIENSE 0

 

JUNIORES II DIVISÃO

 

ALCANENEMSE 4 OURIQUENSE 0

BENAVENTE 0 AREPA 2

NUCLEO SP RIO MAIOR 1 U.SANTAREM 4

GOLEGANENSE 4 PERNES 2

 

 

JUVENIS II DIVISÃO

 

SAMORA 2 CARTAXO 1

AREPA 4 SALVATERRENSE 6

MOÇARRIENSE 2 FAZENDENSE 5

CORUCHENSE 1 NUCLEO SP RIO MAIOR B 4

FOOTKART 8 OURIQUENSE 0

AGUIAS ALPIARÇA 0 GLORIA 7

 

 

INICIADOS I DIVISÃO - MANUTENÇÃO

 

FAZENDENSE 3 ABRANTES BENFICA 1

MOÇARRIENSE 2 OURIENSE 0

SAMORA CORREIA 3 TORRES NOVAS 0

 

 

INICIADOS II DIVISÃO

 

CARTAXO B 2 OURIQUENSE 0

SALVATERRENSE 5 AGUIAS ALPIARÇA 0

U.ALMEIRIM 2 BENAVENTE 2

GLORIA 4 VALE DA PEDRA 1

NUCLEO SP RIO MAIOR 9 U.SANTAREM 0

AREPA 0 ACADEMICA SANTAREM B 1

 

 

INFANTIS - APURAMENTO DE CAMPEÃO

 

MOÇARRIENSE 6 SAMORA CORREIA 1

AGUIAS ALPIARÇA 2 SALVATERRENSE 0

 

 

INFANTIS - NIVEL 2

 

BARROSENSE 2 FAZENDENSE 2

SAMORA B 2 BENAVENTE 4

AREPA 3 CORUCHENSE 1

 

 

SUB 11 - NIVEL 2

 

SALVATERRENSE 7 AREPA 0

CORUCHENSE 2 BENAVENTE 0

 

 

 

 

A QUEIMA DO SANTO ENTRUDO, O FINAL DO CARNAVAL DE SAMORA 2012

 

 

 

 

 

 

 

 

 E o CARNAVAL DE SAMORA 2012, chegou ao fim, com o Enterro do Santo Entrudo, maos uma vez teve um acompanhamento de registo. Estreia do Padre MARINHO, o novo Paroco do Carnaval Samorense e o sacristão SALEMINHA, que já não é virgem nestas andanças.

 

   Lá foram, distribuindo muitos degetos pela população da cidade,tiveram algumas respostas também, até chegar ao Largo do Calvário para ser queimado.

CARNAVAL 2012 CHEGOU AO FIM, VENHA O 2013 COM TOLERANCIA DE PONTO OU NÃO.

 

 

VEJA O VIDEO DO SANTO ENTRUDO

 

http://videos.sapo.pt/sGtqhL2PP7daY0GQLZHW

 

 

 

CARNAVAL DE SAMORA, MAIS UM GRANDE DESFILE

 

 

 

 

  Apesar da não tolerancia de ponto, que o governo não deu, muita gente veio a Samora Correia, assistir a mais um grande desfile Carnavalesco. Uma magnifica tarde de sol, animou os foliões e todos aqueles que assistiram ao corso.

 

  Muitas criticas á TROIKA, animaram o corso e fizeram os portugueses esquecer, por menos por um dia a crise.

 

  O Carnaval de Samora Correia, termina esta quarta feira, com o enterro do SANTO ENTRUDO, a partir das 21h30m. NÃO FALTE. 

 

 

 

  padre passos troika

 

 

OS REIS DO CARNAVAL DE SAMORA 2012

 

 

 

 

 

 

 

 

E O CARNAVAL ESTÁ NA RUA

 

 

 

 

Este domingo, O Carnaval de Samora , saiu para a rua numa magnifica tarde se sol. Por horas esqueceu se a crise, os que desfilaram e os milhares que vieram até Samora Correia, para se divertirem. A TROIKA  esteve em destaque nas criticas, que foram muitas.

   Terça Feira novo corso em Samora Correia, sem tolerancia de ponto para muitos, mas mesmo assim, espera se mais uma vez, muita gente em  Samora Correia.

 

    JÁ SABE TERÇA FEIRA, SEJA DE NOVO BENVINDO AO CARNAVAL DE SAMORA.

 

 

 

 

 

 click na foto pequena

 

CARNAVAL2012

 

 veja todas as fotos

do CARNAVAL 2012

 

 

Pág. 1/3