19 de Fevereiro de 2016

PP1.jpg

 

Nota de Imprensa

Caros Jornalistas,

lamento que aqui ou ali em prôle dos superiores interesses da população e do PS, tenha exercido a minha função de coordenador do PS nos limites. Normal para quem deu tudo, sem nada receber, de quem trabalhou diáriamente e a pagar do seu ordenado, do seu tempo familiar e pessoal, das suas férias, para servir o PS e a população. Trabalhei muito para todos e para o coletivo de eleitos e militantes, em todas as freguesias. Deixei o PS com mais do dobro de militantes, uma Sede com condições para acolher pessoas e para se trabalhar.  O PS foi o único partido que cresceu consecutivamente no Concelho de Benavente, desde 2013, nas autárquicas, europeias e legislativas. Reativamos a JS, os jovens aderiram crescentemente ao partido e à política. Vencemos as europeias e legislativas. Pedi recentemente aquilo que há mais de dois anos ando a pedir, ou seja, condições e apoios que nos permitam vencer eleições em 2017. E essas condições não foram totalmente encontradas nem satisfeitas. Reconheço que foram pingando gotas ou migalhas de apoios, claramente insuficientes para quem quer vencer uma força que tem 40 anos de poder local. O PS tem um conjunto de eleitos e alguns militantes, de grande capacidade politica e intelectual, com formação superior, mas infelizmente nem todos estão disponiveis para trabalhar em prôle do coletivo. Do outro lado, existe uma força cujos eleitos são bem remunerados e fazem politica a tempo inteiro, algo que o PS no Concelho de Benavente não tem, pois ninguém ganha ordenado da política e alguns pagam para servir o PS e a população. Esta diferença de meios e de disponibilidades, é o grande fator que explica os 40 anos de poder instituido CDU. O PS precisa de mobilizar todas as forças, todos os militantes e eleitos, do apoio forte da distrital e nacional, para vencer eleições autárquicas.


Este sábado, entregarei a chave da Sede, deixo a Concelhia do PS, por falta de condições e apoios suficientes, mas mantenho-me como eleito na Assembleia Municipal de Benavente e Assembleia Intermunicipal da CIMLT, honrando o compromisso com a população e com os eleitores. O futuro a Deus pertence, mas sou um cidadão livre e com independência de pensamento e ação política. Sempre foi isso que me caracterizou e não abedico de ser um cidadão livre.


Os melhores cumprimentos,

Pedro Pereira

 

PUBLICADO POR samoraemmovimento às 22:25

QUEM SOMOS

VER PERFIL

SEGUIR PERFIL

3 seguidores
PESQUISAR
 
Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Fevereiro 2016
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6

7
8
9
10
11
13

14
16
20

21
23



ARQUIVOS
2019:

 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12


2018:

 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12


2017:

 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12


2016:

 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12


2015:

 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12


2014:

 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12


2013:

 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12


2012:

 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12


2011:

 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12


2010:

 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12


2009:

 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12


2008:

 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12


tags

todas as tags

subscrever feeds
blogs SAPO