03 de Novembro de 2010

 

O reservatório de Porto Alto é  o que tem as O seu browser pode não suportar a apresentação desta imagem. obras de reabilitação mais avançadas num conjunto de sete reservatórios de água e uma estação elevatória que a ÁGUAS DO RIBATEJO está a recuperar no Município de Benavente.

As intervenções, em todos os reservatórios, incluem a colocação de um sistema de telegestão que permite detectar as falhas do sistema à distância e minimizar as suas consequências com actuações imediatas.

As requalificações, que devem estar concluídas até ao final do ano, custam mais de 700 mil euros e estão incluídas num investimento de 80 milhões de euros que a empresa prevê concluir até 2013.

No município de Benavente, as intervenções nos reservatórios obrigaram a um planeamento rigoroso para minimizar os constrangimentos no abastecimento durante a realização das obras.

As reabilitações decorrem em simultâneo com a construção de um novo reservatório e de um conjunto de infra-estruturas no Subsistema de Abastecimento de Água de Benavente/Vale Tripeiro/Samora Correia. Uma obra que custa cinco milhões de euros-um dos mais vultuosos investimentos em curso na região- e que deve estar concluída no primeiro semestre de 2011. 

Os reservatórios que estão a ser reabilitados no município de Benavente são os seguintes:

-Lavadouros, Piscinas , Vale Tripeiro e Areias  na freguesia de Benavente;

- Murteira, Estaleiro Municipal e Porto Alto na freguesia de Samora Correia

Está  igualmente em reabilitação a Estação Hidropressora do Belo Jardim em Samora Correia.

As intervenções iniciaram-se com um diagnóstico das patologias de cada equipamento e incluíram um conjunto de tarefas: substituição de circuitos hidráulicos; reabilitação e impermeabilização das cubas; substituição das serralharias e das redes eléctricas; recuperação e pintura interior e exterior dos equipamentos.

Em causa estão reservatórios com um período de vida longo e que apresentavam algumas patologias que reclamavam uma intervenção imediata. A obra acarreta dificuldades acrescidas ao nível da gestão de redes e obriga a ÁGUAS DO RIBATEJO a equacionar alternativas de abastecimento às populações servidas pelos reservatórios em reabilitação.

Durante os trabalhos podem surgir alguns constrangimentos no abastecimento de água que derivam de falhas de energia na alimentação dos sistemas dos equipamentos electromecânicos. A ÁGUAS DO RIBATEJO apela à compreensão dos clientes/utentes e garante que tudo fará para minimizar os inconvenientes.

A intervenção que estamos a realizar no Município de Benavente é uma das obras de maior expressão na região e prevê soluções que garantem qualidade no abastecimento de água a médio e longo prazo, tendo em conta o crescimento previsto para a área territorial do concelho de Benavente.

A ÁGUAS DO RIBATEJO apresentou uma nova candidatura para obtenção de financiamento comunitário para a obra de substituição das condutas nas zonas mais antigas de Benavente e Samora Correia, eliminando dessa forma as deficiências e debilidades da rede. 

Salvaterra de Magos, 3 de Novembro de 2010  


PUBLICADO POR samoraemmovimento às 18:38

QUEM SOMOS

VER PERFIL

SEGUIR PERFIL

4 seguidores
PESQUISAR
 
Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Novembro 2010
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6

7
8
9
10
13

19

27



ARQUIVOS
2020:

 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12


2019:

 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12


2018:

 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12


2017:

 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12


2016:

 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12


2015:

 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12


2014:

 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12


2013:

 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12


2012:

 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12


2011:

 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12


2010:

 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12


2009:

 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12


2008:

 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12


tags

todas as tags

blogs SAPO