12 de Setembro de 2011

 

noticia jornal MIRANTE

 

 

Os amigos e familiares de Helmínia Rosália, de 23 anos, garantem que há vários meses que a jovem pensava separar-se do marido, Bouna Sackho, 25 anos. Quem conhecia o casal diz que costumava haver discussões e brigas em casa e no domingo a noite durante mais uma discussão Helmínia Rosália acabou morta. O marido está em estado grave no hospital com golpes de faca. A jovem, contam os familiares, há algum tempo que falava em começar uma vida nova longe das cenas de violência doméstica que começavam a tornar-se frequentes na habitação do casal no bairro das Oliveirinhas em Samora Correia, concelho de Benavente.

O homem não terá gostado da intenção da mulher. “Ele estava desempregado há vários meses e vivia dos rendimentos dela. A Rosália aturou-o enquanto pôde”, conta um familiar da vítima, visivelmente transtornado. Helmínia vivia com Bouna há quase dois anos e trabalhava como auxiliar de acção médica no Hospital Reynaldo dos Santos em Vila Franca de Xira.

Na noite de domingo, 11 de Setembro, véspera de aniversário de Bouna, começou uma discussão forte entre ambos na residência do casal. “Dinheiro, ciúmes ou vinganças. Não sabemos porque motivo houve a discussão. Mas já há algum tempo que eles tinham umas zangas entre ambos”, revela a O MIRANTE Lorena Bien, irmã da vítima mortal.

Fonte da GNR de Samora Correia refere que nunca deram entrada queixas de violência doméstica entre ambos e que o casal não estava sinalizado. As autoridades estão a investigar o caso e encontraram na habitação duas facas com sinais de sangue. E tentam apurar se o homem foi atingido com golpes pela mulher quando esta tentava defender-se, ou se este agarrou noutra faca e esfaqueou-se.

A discussão começou pelas 22h30, altura em que os vizinhos garantem ter ouvido gritos no interior da habitação. Uma hora depois Bouna terá saído para as escadas do prédio, ensanguentado, a pedir ajuda a quem vivia ao lado. Acabou por ser uma vizinha a dar o alerta às autoridades. Na tarde de segunda-feira o rasto de sangue entre a porta e o interior da habitação ainda não tinha sido limpo e mostrava indícios da violência da situação.

Helmínia foi degolada e sofreu cortes nos braços. Bouna foi tranportado para o Hospital de Santa Maria em Lisboa em estado muito grave com cortes em várias zonas do corpo. Além da GNR estiveram no local os bombeiros de Samora Correia auxiliados por uma viatura médica de emergência e reanimação do Hospital de Vila Franca de Xira. O corpo da jovem, que jazia numa poça de sangue, só foi removido quatro horas depois do crime e a Polícia Judiciária está a investigar o caso.

“Ninguém esperava que ele fosse uma pessoa capaz de fazer uma coisa destas. Ninguém esperava este desfecho”, lamenta Lorena Bien pouco depois de visitar o apartamento da irmã. Os familiares e amigos recordam Helmínia como uma pessoa carinhosa, optimista, amiga e lutadora.

 

 

------------------------------------------------------

noticia jornal DESTAK

 

Uma mulher de 23 anos foi morta presumivelmente pelo companheiro, durante uma rixa ocorrida domingo à noite na residência do casal, em Samora Correia,  tendo o homem, de 27 anos, sofrido ferimentos graves.

 

Fonte da GNR confirmou à agência Lusa que as autoridades foram chamadas cerca das 23:40 de domingo por uma vizinha do casal, tendo-se deparado, quando chegou ao local, com a mulher degolada e o homem apresentando ferimentos graves, alegadamente feitos com arma branca.

 

A fonte adiantou que as circunstâncias do crime, nomeadamente o tipo de arma envolvida e se o homem se feriu ou não a si próprio, estão a ser investigadas pela Polícia Judiciária.

Segundo disse, a GNR não tinha registo de qualquer queixa de violência doméstica, não sendo este um caso sinalizado.

“Se havia desentendimentos nunca houve denúncias”, disse.

Segundo o Comando Distrital de Operações de Socorro de Santarém, além da GNR, no local estiveram três viaturas dos Bombeiros Voluntários de Samora Correia e a viatura médica de emergência e reanimação do Hospital de Vila Franca de Xira.

 

 

 

-------------------------------------------------------------

 

NOTICIA JORNAL DE NOTICIAS

 

 

Uma discussão conjugal por causa de ciúmes entre um jovem casal de Samora Correia (Benavente) acabou numa sangrenta troca de facadas, na madrugada de ontem. Ela, de 23 anos, morreu de imediato, degolada. Ele, com 27 anos, está em estado crítico.

 

A disputa começou pouco depois das 23 horas de anteontem. Numa primeira fase, os poucos habitantes do prédio número 7 da Rua Manuel Gaspar - um edifício recente e ainda parcialmente habitado onde o casal de imigrantes guineenses, sem filhos, residia há pouco mais de um ano - não fizeram grande caso dos gritos que vinham do rés-do-chão, dada a frequência com que ali se discutia.

 

 

PUBLICADO POR samoraemmovimento às 21:58

QUEM SOMOS

VER PERFIL

SEGUIR PERFIL

3 seguidores
PESQUISAR
 
Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Setembro 2011
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9

13

19
21
23

27
30


ARQUIVOS
2019:

 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12


2018:

 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12


2017:

 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12


2016:

 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12


2015:

 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12


2014:

 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12


2013:

 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12


2012:

 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12


2011:

 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12


2010:

 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12


2009:

 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12


2008:

 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12


tags

todas as tags

blogs SAPO