Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

SAMORA EM MOVIMENTO

" A INFORMAÇÃO NO MOMENTO "

SAMORA EM MOVIMENTO

" A INFORMAÇÃO NO MOMENTO "

CAMARA DE BENAVENTE CONTINUA A LUTAR PELA LEGALIZAÇÃO DA AMPLIAÇÃO DA FABRICA DE RADIADORES JOÃO DE DEUS

 

noticia JORNAL MIRANTE

 

Uma declaração de interesse público municipal para a legalização da ampliação da fábrica de radiadores João de Deus e Filhos, SA localizada no número 5 da Estrada dos Arados, em Samora Correia,  foi aprovada por unanimidade na última Assembleia Municipal de Benavente que decorreu na passada sexta-feira, 30 de Setembro.

Desde 2003 que a Câmara Municipal de Benavente luta pela legalização da expansão da fábrica que ocupa um espaço classificado como Reserva Ecológica Nacional (REN). “Este é um exemplo de como Portugal funciona. Esta fábrica tem uma componente de exportação importantíssima para o nosso município e o próprio país. Mesmo depois de o Ministério da Economia reconhecer o interesse nacional do investimento e de muita outras declarações de interesse, oito anos depois ainda estamos com este processo”, reconheceu o presidente da Câmara Municipal de Benavente, António José Ganhão. O autarca acredita que a multinacional pode mesmo decidir deslocalizar-se para outro país devido a toda esta burocracia. Ganhão aproveitou ainda o momento para tecer duras críticas à Comissão Nacional da REN: “É a comissão mais fundamentalista que existe no nosso país e não percebo como é que países europeus avançados não têm sequer um regime ecológico nacional e preservam tudo aquilo que são questões ambientais”. Não é a primeira vez que a Assembleia Municipal aprova uma declaração de interesse público municipal em relação à empresa.

Recorde-se que a João de Deus & Filhos, S. A., foi constituída em 1962 e dedica-se à fabricação de componentes e acessórios para automóveis e seus motores, sendo líder internacional na produção e desenvolvimento de radiadores e intercoolers. Em 2001 a sociedade passou a integrar o grupo italiano Denso, que possui mais de 30 companhias só na Europa.