11 de Julho de 2012

 

 

AUTARCAS INAUGURAM UNIDADE DE ATENDIMENTO DE SAMORA CORREIA

A nova Unidade de Atendimento Comercial (UAC) da ÁGUAS DO RIBATEJO, em Samora Correia, inaugurada esta sexta-feira, está preparada para atender clientes de sete municípios. Na ocasião foi anunciado o investimento de 15 milhões de euros em fase de conclusão no concelho de Benavente

A nova Unidade de Atendimento Comercial (UAC) da ÁGUAS DO RIBATEJO é uma mais valia para a freguesia que tem cerca de 20 mil consumidores e é uma das que apresenta maior numero de clientes da empresa. A ideia foi reforçada na inauguração esta manhã pelo presidente da Junta de Freguesia de Samora Correia. Hélio Justino, elogiou o investimento realizado pela empresa na freguesia e realçou a importância de dotar Samora Correia de infraestruturas na área do abastecimento de água e saneamento.

Dionísio Mendes, representante do Conselho de Administração da ÁGUAS O RIBATEJO referiu que a abertura desta nova unidade é mais um passo na caminhada pelo desenvolvimento que já se concretizou em mais de 50 Milhões de Euros de investimentos em seis concelhos e irá atingir 130 Milhões até 2015, sendo 30 Milhões no Município de Torres Novas que integrou a empresa em Outubro de 2011.

“Esta região vai ficar dotada de uma cobertura de qualidade no saneamento e abastecimento de água para mais de 95 por cento das populações. Apesar do forte apoio dos fundos comunitários, há aqui um esforço significativo da empresa”, referiu o presidente da Câmara Municipal de Coruche.

O novo espaço, que entrou em funcionamento hoje, está localizado no centro de Samora Correia, numa zona de fácil acesso e com estacionamento. A unidade decorada com cores e alusões poéticas ao elemento água, melhora de forma significativa as condições dos clientes e utilizadores dos serviços, com mais privacidade, comodidade e conforto. Os colaboradores da empresa também passam a ter melhores condições para a realização das suas tarefas.

O Presidente da Câmara Municipal de Benavente referiu que o tempo veio dar razão a quem acreditou no projeto da ÁGUAS DO RIBATEJO e congratulou-se com os resultados obtidos. “Não havia outro modelo que servisse melhor o interesse das nossas populações”, referiu.

O Presidente da Câmara Municipal de Benavente referiu que o tempo veio dar razão a quem acreditou no projeto da ÁGUAS DO RIBATEJO e congratulou-se com os resultados obtidos. “Não havia outro modelo que servisse melhor o interesse das nossas populações”, referiu.

 

INVESTIMENTO DE 15 MILHÕES DE EUROS NO CONCELHO DE BENAVENTE

No Município de Benavente estão a ser investidos 15 Milhões de Euros nos sistemas de abastecimento de água e tratamento de águas residuais no Município de Benavente.

Concluídas as obras de saneamento com a construção/requalificação das ETAR da Esteveira, Quinta do Papelão (Benavente), Barrosa, Santo Estêvão, Quinta dos Gatos, Bordalo Pinheiro, Pendente 2 de Porto Alto, respetivas estações elevatórias, e a ampliação da rede de saneamento com mais de 5 milhões de euros de investimento que permitiu dotar o concelho duma cobertura superior a 95 por cento, resta a conclusão dos trabalhos já iniciados em Foros de Charneca.

Na área do abastecimento de água estamos a investir cerca de 10 milhões de euros, sendo o sistema Vale Tripeiro/Benavente/Samora Correia a obra de maior envolvimento financeiro com um custo de quase 6 milhões de euros.

O reservatório, num ponto quase equidistante de Benavente e Samora Correia, tem uma capacidade de 5 mil m3  e está equipado com um moderno sistema de desinfeção e tratamento da água. Três novas estações elevatórias, irão ajudar a levar a água até às localidades de Benavente, Coutada Velha e Samora Correia, através de21 kmde novas condutas, já construídas. Entretanto estão a ser construídas Estações de Tratamento de Água (ETA)em Vale Tripeiroe na Barrosa que irão custar cerca de 0,6 milhões de euros e irão minimizar os problemas do manganês verificados em vários locais do concelho de Benavente.

Sete reservatórios descentralizados no território do município, a maioria com mais de 20 anos, foram requalificados e os seus equipamentos reabilitados para garantir o seu bom funcionamento. Foi ainda instalado o sistema de telegestão que permite o controlo à distância de situações anómalas e respostas mais rápidas perante situações anómalas.  

Um posto de transformação de elevada capacidade garante a alimentação do sistema de Vale Tripeiro e, como alternativa à rede da EDP, existe um gerador que será acionado imediatamente quando houver uma falha de energia e que pode ser disponibilizado para utilização da Proteção Civil.

Foram colocados novos equipamentos ao serviço da proteção civil para permitir o abastecimento mais célere de viaturas em caso de catástrofe ou situações de emergência.

Com estes investimentos fica garantido o abastecimento com reservas até 48 horas, já que os atuais reservatórios das freguesias de Benavente e Samora Correia ficam como alternativas ao sistema de Vale Tripeiro.

Estas obras são financiadas pela União Europeia, mas exigem um grande esforço da ÁGUAS DO RIBATEJO que suporta uma parte significativa dos montantes recorrendo em exclusivo aos valores pagos pelos clientes. Para além das obras financiadas têm sido realizadas várias intervenções que não foram financiadas pela União Europeia, mas revelavam-se inadiáveis e por isso a empresa avançou com recurso a capitais próprios.

 

Por último foram criadas duas unidades de atendimento em Benavente e Samora Correia, com melhores condições para o atendimento dos clientes/utentes e para os colaboradores da empresa. Estas unidades estão preparadas para atender clientes dos sete municípios que integram a empresa ÁGUAS DO RIBATEJO.

 

De realçar a importância dos investimentos realizados e em curso no desenvolvimento económico local num momento de dificuldades acrescidas. As obras realizadas e em curso permitem criar emprego e oportunidades de negócio para várias pequenas e médias empresas da região.

JUNTOS, ESTAMOS A CONSTRUIR O FUTURO!

 

PUBLICADO POR samoraemmovimento às 23:53

Municipe:
Com tanto investimento importante estamos à espera de ver melhoria na qualidade da água. Conserva bonita sem efeitos práticos são balelas, o que as pessoas querem ver é água de qualidade porque pagam bem por isso.
12 de Julho de 2012 às 09:59

QUEM SOMOS

VER PERFIL

SEGUIR PERFIL

4 seguidores
PESQUISAR
 
Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Julho 2012
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9

20

25
28



ARQUIVOS
2020:

 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12


2019:

 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12


2018:

 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12


2017:

 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12


2016:

 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12


2015:

 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12


2014:

 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12


2013:

 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12


2012:

 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12


2011:

 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12


2010:

 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12


2009:

 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12


2008:

 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12


tags

todas as tags

blogs SAPO