Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

SAMORA EM MOVIMENTO

" A INFORMAÇÃO NO MOMENTO "

SAMORA EM MOVIMENTO

" A INFORMAÇÃO NO MOMENTO "

MAIS DE METADE DOS ELEITORES EM SAMORA CORREIA NÃO VOTARAM

4f87ac40e3d543534d73f9a482ce32a3_XL.jpg

 

  Foi a maior surpresa das Eleições Legislativas na freguesia de Samora Correia, onde mais de metade dos eleitores samorenses não foram votar. A freguesia tem perto de catorze mil eleitores (13980) e mais de sete mil não foram votar. 

   Cinquenta e dois por cento dos eleitores não votaram, um valor ligeiramente superior ao do concelho de Benavente (51%), mas relativamente á abstenção Nacional, foi mais 7%, valor algo surpreendente, este desinteresse dos eleitores samorenses em votar. Relativamente a 2015 a abstenção aumentou quatro por cento.

   Quanto ao numero de eleitores, o distrito Santarem perdeu quase treze mil eleitores (12825),relativamente a 2015 mas o Concelho de Benavente, teve mais 573 eleitores (2,45%)   e a freguesia de Samora Correia mais 360 eleitores (2,64%), a freguesia de Benavente mais 198 eleitores, Santo Estevão mais trinta e a Barrosa perdeu quinze eleitores.

  Quanto aos resultados no Concelho, o Partido Socialista, venceu, obteve 4084 votos (34.92%), o PSD 2392 (20,45%),  a CDU foi terceiro 1479 (12,65%), o Bloco de Esquerda 1168 (10,0%), CDS 481 votos, PAN 363 e CHEGA 361.

 Nas Freguesias o Partido Socialista venceu em Samora Correia, Benavente e Barrosa, tendo o PSD vencido em Santo Estevão.

  A nivel Nacional, os resultados não ficaram muito longe do esperado, o PS venceu, não conseguindo a maioria absoluta, outro vencedor foi o PAN que aumentou a sua representação parlamentar de 1 para 4 deputados, o Bloco de Esquerda manteve os seus dezanove deputados e os derrotados, PSD, CDS  e CDU, que perderam deputados.

  Outros vencedores, foram os tres  partidos que se vão estrear no Parlamento, elegendo tres deputados, são eles o INICIATIVA LIBERAL, o LIVRE e o CHEGA. Novas vozes no Parlamento, vamos ver se serão mais valias ou grandes decepções.

  Vamos ver o que nos reserva esta nova legislatura, vamos ter uma nova Gerigonça, de interesses partidarios, ou uma Gerigonça  em que os benefeciarios das negociações sejam os portugueses. HAJA BOM SENSO.